Blog Dose Exata

Queda de Cabelo: Conheça as causas, como evitar e os tratamentos

queda de cabelo tratamento

Um banho pode ser o suficiente para encher o ralo do banheiro com cabelos e causar preocupação.

Entretanto, nem sempre a queda de cabelo está associada a alguma doença. Na verdade, na maioria das vezes os cabelos estão apenas seguindo seu curso natural, que envolve o crescimento e a queda do fio.

Mas então como saber quando se preocupar? Existem maneiras de evitar a queda?

Para entender mais sobre o assunto e descobrir a resposta para essas perguntas, continue a leitura!

Quais são as causas da queda de cabelo? 

– Estresse

Quando nos estressamos, todo o corpo sente. E nos cabelos, esse reflexo gera a queda dos fios além do normal.

Mas aqui estamos falando de um estresse mais intenso e não apenas as pequenas irritações do dia a dia.

A ansiedade e o nervosismo também podem agravar a queda que já vem de outras causas, como a calvície, por exemplo.

– Alterações hormonais

Os cabelos são sensíveis às alterações hormonais que podem afetar homens e mulheres.

Alterações na glândula tireóide, redução na produção de hormônios andrógenos, síndrome dos ovários policísticos, entre outras condições que afetam os hormônios podem ser causa de queda de cabelo.

Inclusive, é importante ficar atento, pois a queda excessiva dos fios pode indicar alguma doença hormonal.

Entretanto, é importante lembrar também que durante a vida nós sofremos várias alterações hormonais que são comuns, como a adolescência, a menopausa nas mulheres, entre outras situações.

Nestes casos pode haver perda dos fios, mas não necessariamente ela se caracteriza como anormal e, sim, como uma resposta aos estímulos do corpo.

– Uso de medicamentos

O uso de medicamentos pode causar a queda dos fios.

Mas isso depende da dose ingerida, do tipo de remédio e também da sensibilidade de cada um.

 Existem alguns tipos de remédio que podem gerar queda, como:

  • antidepressivos (paroxetina, fluoxetina…)
  • anabolizantes;
  • anticoagulantes (heparina);
  • anti-inflamatórios (naproxeno, indometacina);
  • tratamento para a acne (isotretinoína), entre outros.

Se você perceber que o uso de medicamentos está causando a perda dos fios, avise o seu médico para que ele possa analisar a melhor saída.

queda de cabelo tratamento masculino

– Anemia

A anemia é causada pela deficiência de ferro no organismo.

Sem ferro, a produção de glóbulos vermelhos também é prejudicada e são eles que transportam o oxigênio no sangue.

Resultado: com menos oxigenação no sangue os fios são afetados e começam a cair.

O cabelo, no geral, também pode se tornar mais fraco, quebradiço e com poucos nutrientes.

– Gravidez

A queda de cabelo devido à gravidez é famosa, portanto, muitas mulheres grávidas já esperam que isso aconteça.

Ela acontece por algo que já citamos aqui e que aflora na gravidez: sim, novamente os hormônios.

Geralmente, é mais comum nos 3 primeiros meses de gestação e também após o parto, fases em que o corpo da mulher está passando por muitas alterações.

Mas não se preocupe, quando essa fase passar, a produção hormonal deve parar de afetar os fios e voltar ao normal.

Quando começar a se preocupar com a queda de cabelo?

A perda de cabelo é natural e acontece em diversas fases da vida, mas é normal também que em certos momentos gere preocupação.

Se a queda capilar estiver incomodando e você perceber que ela está acima do normal, o melhor é procurar um especialista e descobrir o que está causando o problema.

Muitas vezes, ela pode ser um sinal do corpo de que alguma coisa não anda bem.

Mas também é importante saber que o folículo capilar possui 3 fases: a anágena, a catágena e a telógena.

A maior parte dos fios está na fase anágena, ou seja, está em crescimento. Já na fase telógena eles caem, o que é totalmente normal e segue o curso natural da produção.

Leia também: Alimentos que trazem saciedade: conheça 12 opções!

– Quantos fios de cabelos caem normalmente?

É considerado normal que haja a queda de 100 a 150 fios por dia.

São esses os fios que estão na fase telógena.

Agora, se você notar que está perdendo muito cabelo e que a queda aumentou, é melhor procurar um especialista e investigar a causa.

Como evitar a queda de cabelo?

Já adiantamos que não é possível evitar totalmente a queda.

Mas alguns hábitos podem nutrir melhor os fios, melhorar a circulação no couro cabeludo e contribuir para um cabelo mais saudável e com menos queda: 

  • ter uma alimentação saudável;
  • evitar processos químicos no cabelo;
  • lavar o cabelo duas vezes por semana; 
  • secar bem os fios antes de prender ou ir dormir;
  • evitar lavar com água muito quente;
  • evitar chapinha e babyliss em excesso.

Como tratar a queda de cabelo?

tratamento queda de cabelo feminino

Muitas vezes o estresse aos fios pode acentuar a queda, seja por algum dos motivos citados aqui ou outros.

Neste caso, é possível contar com alguns tratamentos para queda de cabelo feminino e também masculino, como:

  • o uso de shampoos e loções para a queda;
  • carboxiterapia;
  • laser de baixa potência que estimula a regeneração;
  • uso de suplementos para fortalecer os fios e reduzir a queda.

Como a Dose Exata pode te ajudar?

A Dose Exata conta com um dos suplementos para queda mais completos do mercado.

O Cresce Forte em cápsulas é um suplemento rico em Biotina, Pantotenato de cálcio e zinco quelato, aminoácidos ricos em enxofre, vitaminas para queda de cabelo, como a B3 e B6 e muito mais!

Nós temos a Dose Exata de nutrição para o seu cabelo!

Conheça o suplemento capilar para queda da Dose Exata!

Conclusão

Como você viu, a queda de cabelo é um processo natural pelo qual passam os folículos do couro cabeludo.

Entretanto, algumas situações podem acentuar a perda dos fios, como o uso de determinados medicamentos, algumas doenças, a gravidez e as próprias transformações hormonais do corpo.e

Quanto mais nos mantemos saudáveis, mais sadios ficam os fios e mais nutrição eles recebem.

A alimentação e o uso de suplementos podem ajudar a manter os fios mais nutridos e fortificar o cabelo, assim como o uso de shampoos e tratamentos específicos.

E então, gostou do texto de hoje?

Aproveite para ler também: Como Aumentar a Imunidade: 7 Dicas de cuidados importantes

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!